.status-msg-wrap{display: none;}

quarta-feira, 30 de abril de 2014

COMUNICADO IMPORTANTE

Se você que ser aprovado no ENEM
ATENÇÃO PESSOAL, inscrições abertas na Center Balas, vizinho a Metamorfose. VAGAS LIMITADAS.

COMISSÃO DO SENADO APROVA COTAS PARA NEGRO EM CONCURSO PÚBLICOS

A Comissão de Direitos Humanos do Senado aprovou nesta terça-feira (29)o projeto de lei que reserva 20% das vagas em concursos públicos federais para afrodescendentes pelos próximos dez anos. A proposta ainda precisa passar por outra comissão do Senado, depois pelo plenário da Casa, para virar lei.
Pela proposta, poderão concorrer às vagas reservadas a candidatos negros aqueles que se autodeclararem pretos ou pardos no ato da inscrição no concurso público, seguindo quesito cor ou raça utilizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia Estatística). Se for constatado que houve uma declaração falsa, o candidato será eliminado do concurso e, se houver sido nomeado, ficará sujeito à anulação da sua admissão ao serviço ou emprego público, após procedimento administrativo.
Fonte: Robson Pires

Gestores educacionais têm até hoje para prestar contas ao FNDE

educação 1Gestores municipais e estaduais de educação têm até hoje (30) para prestar contas dos recursos recebidos por meio de três programas: o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae), o Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate) e o Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE). A prestação de contas é feita pelo Sistema de Gestão de Prestação de Contas. Caso não cumpram esse prazo, estados e municípios podem ter os recursos dos programas suspensos até que regularizem a situação.
No caso dos programas de alimentação e transporte escolar, as contas dos entes federativos serão analisadas inicialmente por conselheiros de controle social. Os conselhos têm até o dia 14 de junho para registrar seus pareceres, aprovando ou não as contas, no Sistema de Gestão de Conselhos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). As contas do PDDE são analisadas diretamente por técnicos da autarquia.
Fonte: Blog do Robson Pires

terça-feira, 29 de abril de 2014

Gestores devem divulgar informações sobre a utilização de máquinas doadas pelo governo

Albino Oliveira/MDAAlbino Oliveira/MDA
O Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) vai orientar os gestores municipais a disponibilizarem informações sobre a utilização de equipamentos doados aos Municípios pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) – II.

É uma espécie de prestação de contas à sociedade, uma forma de controle social. A orientação foi definida por meio da Portaria 30/2014, publicada no Diário Oficial da União (DOU) no dia 24 de abril.

O modelo de divulgação sugerido é um Diário de Operações, que poderá ser enviado à Câmara de Vereadores do Município, ao Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, afixado na sede da Prefeitura Municipal ou publicado na internet.

Objetivo das máquinas
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) lembra os gestores que os equipamentos deverão atender prioritariamente agricultores familiares e assentados da reforma agrária. Eles devem ser usados para a melhoria nas condições de logística e escoamento da produção, na recuperação de estradas vicinais e em obras para convivência com situações de seca e estiagem.

Acesse íntegra da Portaria 30/2014  do MDA
Fonte: Portal CNM

Arborização Urbana: projeto que prevê a criação de planos municipais é aprovado

Agência CNMAgência CNM
Muito mais do que oferecer sombra e ornamentar o ambiente urbano, as árvores trazem benefícios  que incluem a redução da poluição e do efeito estufa, a melhoria do microclima e ainda contribuem para a drenagem de águas pluviais. Além disso, a presença das árvores reduz os níveis da poluição sonora, pois fazem barreira para os ruídos e os barulhos, minimizando e até mesmo impedindo que fiquem refletindo continuamente nas paredes das casas e dos edifícios.
 
Seguindo essa linha, a Comissão de Desenvolvimento Urbano da Câmara dos Deputados aprovou o Projeto de Lei (PL) 2897/2008. A medida altera o Estatuto das Cidades e prevê que os Municípios devem incluir em seus Planos Diretores um plano de Arborização urbana.
 
A Confederação Nacional de Municípios (CNM) reconhece a importância da melhoria do meio ambiente urbano nos Municípios com relação à arborização. No entanto, a entidade destaca que o texto não diz se os Municípios terão assistência técnica e financeira para a elaboração desses planos.
 
Benefícios ambientais
Dentre os principais benefícios ambientais para os Municípios, destaca-se a inclusão da obrigação de se selecionar espécies nativas locais, favorecendo a proteção do ecossistema da região. Além disso, a escolha de pisos mais permeáveis permite que aumentem a drenagem das águas pluviais através do solo, ao invés de seu escoamento superficial, reduzindo as enxurradas e as enchentes que causam tantos transtornos e prejuízos.
 
Prefeitura Arcoverde (PE)Prefeitura Arcoverde (PE)
A CNM considera de extrema relevância a inclusão no plano de paisagismo de projetos que contemplem padrões específicos de pavimentação e de programação visual com observância das normas de acessibilidade universal. Na prática, isto resultará em ambientes harmônicos, sustentáveis e acessíveis para toda a população dos Municípios, incluíndo as pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.
 
Plano Diretor
Trata-se de projeto desenvolvido pelos governos municipais para definir o padrão de desenvolvimento da ocupação urbana do território. A Constituição Federal de 1988 estabelece a obrigatoriedade aos Municípios com mais de 20 mil habitantes. Porém, o Estatuto da Cidade estendeu a obrigatoriedade a outros Municípios, como, por exemplo, os integrantes de regiões metropolitanas e de áreas de especial de interesse turístico; os inseridos em localidades sob influência de atividades com significativo impacto ambiental regional ou nacional; e os incluídos no cadastro nacional de áreas suscetíveis à ocorrência de grandes deslizamentos.
 
Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo. O texto já foi aprovado pela Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável e deverá ser analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.
Fonte: Agência Brasil

Aluno da Escola Alcivan Pinto é destaque na copa Garoto Bom de Bola

O garoto Émeson, aluno do 5º ano (Professor Cizinho) da Escola Municipal Francisco Alcivan Pinto é garoto destaque na Equipe de Apodi que joga a Copa Garoto Bom de Bola e que foi classificada para jogar as finais recentemente. O aluno juntamente com os demais vem desempenhando bons resultados nos jogos e tem o apoio do professor e da escola quando há momentos de treino junto à Equipe vencedora. Esperamos que seu êxito seja maior e que tenhamos grandes resultados nesses meninos aos quais apostamos e acreditamos que se tornem bons cidadãos através da prática esportiva.

O professor Francisco de Assis, conhecido como Cizinho está muito feliz ao ver seu aluno jogar bem e se destacar na posição de zagueiro da equipe: "É uma felicidade imensa pra mim enquanto professor vê-lo nessa equipe e se esforçando para vencer na vida através do esporte, torço pelo seu sucesso e apoio-o quando for necessário". Destaca o professor. Parabéns Émeson, vá em frente, que seja apenas o início de um bom desempenho. 

PARABÉNS ÉMESON, SUCESSO NO ESPORTE.
Garoto Émeson (segundo em pé da direita para a esquerda, próximo a Nenem, treinador da equipe juntamente com Raimundo, Jorginho e Neto Romão.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Conheça os 8 hábitos comuns aos professores excepcionais

Professores que são melhores do que os outros profissionais da área de educação costumam ter alguns hábitos em comum. Veja quais são Professores excepcionais não se contentam com pequenos resultados

A grande maioria dos alunos consegue citar pelo menos um professor que tenha feito a diferença em sua vida, ou seja, professores que tenham sido excepcionais. Se você deseja ser um educador fora do comum, veja quais são as características que você deve desenvolver:

1 – Utilizar fontes confiáveis
Professores excepcionais não se contentam com as primeiras informações que eles encontram. Eles são persistentes e buscam a fonte mais confiável possível para utilizar essa informação em suas aulas.

2 – Adaptação
Nem sempre os métodos de aulas e a didática funcionarão perfeitamente. Por isso, é essencial que professores aprendam a fazer as adaptações necessárias em seus planos de aula e método de ensino.

3 – Boa comunicação
Para que um conteúdo seja passado de maneira clara e eficaz, é crucial que o professor tenha a habilidade de se comunicar bem. Se ele não consegue transformar conceitos e teorias em palavras, as aulas não serão boas.

4 – Planejar a partir de metas
O professor excepcional planeja as suas aulas com uma coisa em mente: os seus objetivos acadêmicos. Sabendo quais são as metas para as suas aulas, é mais fácil desenvolver planos que contenham o conteúdo necessário para que os objetivos sejam alcançados, tanto pelos alunos quanto pelo professor.

5 – Feedback
Independentemente da matéria lecionada, professores devem tentar ao máximo oferecer um feedback para seus alunos. Pelo menos uma vez por bimestre, é importante que ele converse com cada um dos estudantes e fale onde eles estão errando e quais foram os acertos. Esse tipo de atitude é essencial para o desenvolvimento acadêmico de cada aluno.

6 – Não se contentar
Professores excepcionais não se contentam com pequenos resultados: eles buscam por métodos melhores, soluções melhores, conteúdos mais completos, informações mais seguras, etc. Além disso, eles não têm medo de se arriscar e tentar algo novo.

7 – Mudar conceitos
Professores fora do comum não acham que suas ideias e opinião são absolutamente corretas. Eles entendem que alunos podem oferecer visões diferentes sobre um assunto e até uma nova maneira de pensar sobre algo. Por isso, é importante manter a mente aberta para novas ideias.

8 – Generalização
Pode até parecer óbvio, mas não é: alguns professores não conseguem ver seus alunos como indivíduos que possuem diferenças entre si e características únicas. Por isso, se você quer ser um professor excepcional, entenda que cada estudante possui um perfil diferente e necessidades individuais.


Fonte: http://www.universia.com.br/

Municípios com irregularidades no Conselho do Fundeb devem resolver pendências

ABrABr
Mil quatrocentos e cinco prefeituras precisam regularizar o Conselho de Acompanhamento e Controle Social do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), conforme alerta a Confederação Nacional de Municípios (CNM). Há irregularidades no cadastro desses conselhos como: cadastro não concluído, aguardando documentos ou análise, dados sendo analisados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e aqueles em situação de modificação pelo ente federado.

Conforme informações obtidas pela Confederação, além deles, outros 598 Municípios estão com mandatos vencidos junto ao Conselho de Acompanhamento e Controle Social (Cacs) do Fundeb.  Esse conselho acompanha e fiscaliza a aplicação dos recursos recebidos na conta do Fundo, também monitora a execução do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate), o que implica em emitir parecer conclusivo sobre as contas apresentadas, aprovando ou reprovando a execução dos programas.

O alerta da CNM se dá uma vez que a regularização do conselho é condição para o recebimento dos recursos federais, pois a legislação prevê a suspensão dos repasses caso haja irregularidade. Para o presidente da entidade, Paulo Ziulkoski, é importante que os Municípios estejam atentos e acessem com frequência o portal do FNDE, para que não fiquem em situação irregular junto aos Cacs/Fundeb, a fim de evitar a situação de inadimplência e suspensão dos recursos.

Pref. Vila Velha (ES)Pref. Vila Velha (ES)Procedimento
Na primeira situação, para os que estão com conselho irregular, é necessário que o Município acesse o sistema por meio do portal do FNDE, aba alterar/incluir cadastro. Ali o gestor deve identificar qual a situação de irregularidade, e o próprio sistema orientará sobre o processo de regularização do Cacs/Fundeb.

Já a segunda orientação dirige-se aos Municípios que estão com mandatos vencidos. Esses devem fazer o cadastro dos novos conselheiros no sistema e enviar toda documentação digitalizada no endereço de email fundeb@fundeb.gov.br. Caso ocorra alguma dificuldade no envio da documentação podem entrar em contato por meio do 0800-616161.

Para auxiliar os gestores municipais na renovação do Conselho do Fundeb, a CNM pontua algumas observações:


  1. O Conselho do Fundeb deve ser renovado se o mandato de seus membros se encerrar ou se o conselheiro, por diferentes motivos, deixar de integrar o segmento que o indicou como representante, ou se os membros, não tiverem mais interesse em compor o Conselho;
  2. As providências para eleição e indicação dos membros deverão ocorrer até vinte dias antes do final do mandato, permitindo, que os conselheiros do novo mandato sejam nomeados logo após o término do mandato vigente, para garantir a continuidade e para que não aconteça suspensão dos trabalhos; e
  3. As nomeações deverão ser inseridas no sistema informatizado de Cadastro dos Conselhos do Fundeb, disponibilizado no site do FNDE.
Acesso para regularizar pendências no conselho do Fundeb aqui

domingo, 27 de abril de 2014

Inscrições para Olimpíada de Língua Portuguesa encerra-se dia 30

Termina no dia 30 deste mês o prazo para as inscrições da Olimpíada de Língua Portuguesa: Escrevendo o Futuro. Até essa data, os professores interessados em participar da olimpíada devem acessar o site da OLP e realizar sua inscrição de acordo com a modalidade que irá participar.

A Olimpíada de Língua Portuguesa diferencia-se das demais competições nacionais pelo fato de desenvolver ações de formação de professores, com o objetivo de contribuir para a melhoria do ensino da escrita e leitura nas escolas públicas. 

O RN contou com a formação de 1100 profissionais, entre professores e representantes de secretarias municipais de educação, que por meio das experiências e metodologias ensinadas nas formações regionais devem aplicar os conteúdos da OLP em sala de aula.

Podem participar docentes e alunos dos seguintes anos escolares: 5º, 6º, 7º, 8º e 9º do ensino fundamental e 1ª, 2ª e 3ª série do ensino médio. Os alunos de 5º e 6º anos participam no gênero poema, os alunos de 7º e 8º anos desenvolvem textos de memórias literárias e os do 9º ano do ensino fundamental e do 1º ano do ensino médio trabalham com crônica. Os alunos do 2º e 3º ano do ensino médio desenvolvem o gênero artigo de opinião.

Para o coordenador de Avaliação Escolar da SEEC, Afonso Gomes, a olimpíada é um das mais importantes ações de incentivo a escrita e leitura que as escolas podem realizar: “A olimpíada é a única competição no Estado que oferece uma formação para o professor e aluno voltada para a escrita e leitura”. Todos os municípios do RN já aderiram a olimpíada.

Na semana que antecede o fim das inscrições, 304 escolas estaduais já foram inscritas e a expectativa é que esse número cresça até a próxima quarta-feira. Depois do dia 30 de abril as escolas devem realizar as oficinas de leitura e produção de texto, culminando no envio dos textos selecionados na escola para a Comissão Julgadora Municipal no dia 15 de agosto. As fases estadual, regional e nacional serão realizadas entre os meses de setembro e novembro. Os vencedores nacionais serão conhecidos dia 1 de dezembro de 2014.

sábado, 26 de abril de 2014

CURSINHO PREPARATÓRIO PARA CONCURSOS


Comunicamos aos concurseiros que o cursinho APROVAR CONCURSOS de Apodi/RN iniciará na próxima quarta-feira, dia 30 de abril com aulas preparatórias para o concurso do IFRN e de outros concursos. Os interessados em se matricular podem fazer sua matrícula lá na (ESCOLA MUNICIPAL LOURDES MOTA) no horário das 19h às 21hs nos seguintes dias:
QUARTA-FEIRA: AULA DE PORTUGUES; Professor Luiz Carlos
QUINTA-FEIRA: AULA DE MATEMÁTICA; professor Jaíles Gama
SEXTA-FEIRA: AULA DE INFORMÁTICA; professor Cândido Júnior

Informações Facebook https://www.facebook.com/Prof.L.C.Sax?fref=nf/

Atenciosamente
Luiz Carlos Lucena - LC

Professor

“Projeto transformação continua normal”, afirma presidente da AENTS

Em virtude da onda de boatos que correram durante a semana sobre o fim da gratuidade dos transportes universitários, procuramos os senhores Pedro Bandeira, adjunto da secretaria de educação do município do Apodi e o senhor Pedro Acioly, presidentes da AENTS dos estudantes universitários para explicações oficiais a respeito.

Pedro Bandeira,
Adjunto da secretaria de Educação
Em seu depoimento, o senhor Pedro bandeiro nos afirmou que em 2013, o projeto transformação ficou orçado em cerca de 440 mil Reais ao ano. No ano de 2014, o novo orçamento para dá continuidade ao projeto transformação ficou em pouco mais de 600 mil reais ao ano para atender aos universitários.
Bandeira nos explicou que, a UnP abriu diversos cursos técnicos como o pronatec, outras pessoas passaram ainda a usar os ônibus universitários para fazer outros cursos de ordem particular.

Em virtude do aumento da demanda, a própria AENTS, em reunião resolveu por conta própria, sem contatar com o poder público, contratar um ônibus extra para dá mais conforto as pessoas que estão fazendo curso técnico”, explicou Bandeira. “Isso só para os universitários que estudam pela manhã, como uma forma de melhorar o conforto de todos”, disse. “Foi uma decisão independente da própria classe universitária, continuamos cumprindo a lei e investindo na educação dos nossos universitários”, reiterou.

Apodi é uma cidade de sorte em conseguir ter tantos estudantes buscando dias melhores e ter tantas pessoas que procuram se aperfeiçoar”, informou. “A prefeitura do Apodi sente satisfação em poder continuar apoiando a classe universitária com transporte universitários gratuito. Ao mesmo tempo, tiramos o chapéu pela independência da classe universitária do Apodi”, completou Bandeira.

Pedro Acioly, presidente da AENTS.
A esse respeito, entramos em contato com o presidente da associação dos estudantes (AENTS) o senhor Pedro Acioly.

Pedro nos informou que devido ao aumento de pessoas que estão fazendo cursos técnicos em Mossoró, a lotação dos ônibus pela manhã aumento trazendo desconforto.

"Devido a essa situação, a classe estudantil universitária decidiu em assembleia registrada em ata, com a participação de 106 membros, colocar em votação cobrar uma taxa de 35 reais para contratar mais um ônibus a fim de trazer mais conforto a todos", informou Acioly.

Foi uma decisão dos próprios universitários, independente de gestão essa ou aquela que estivesse no poder”, disse. “Como o orçamento para o transporte universitários estava fechado, se fôssemos a câmara municipal pedir para aumentar mais um ônibus, temos certeza que seriamos atendidos. Tenho certeza que se procurássemos a prefeitura também nossa situa síria vista”, informou. “Como esses tramites demanda tempo e para que estuda tempo é precioso resolvemos contratar mais um ônibus por conta própria”, comentou. “Além do que, buscamos ver que os investimentos da prefeitura com os universitários são altos e temos que ajudar. Se fosse qualquer prefeito que tivesse no poder a decisão seria a mesmo, o projeto transformação continua dentro da normalidade”, concluiu Acioly.

Como nosso blog é comprometido com a verdade, ai está a verdade dos fatos das fontes principais. Foi uma decisão dos próprios universitários, o projeto transformação continua.

Fonte: Blog do Toinho

Confederação alerta Municípios em situação irregular no Conselho de Alimentação Escolar

FNDEFNDE
Alguns Municípios estão com irregularidades no cadastro do Conselho de Alimentação Escolar (CAE) e podem ser atingidos pela suspensão da transferência de recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae). Segundo alerta da Confederação Nacional de Municípios (CNM), 693 prefeituras estão em situação irregular por falta de cadastro ou ausência de atas de nomeação, de segmento, de posse, de eleição de presidente e vice. Além deles, 231 Municípios estão com mandatos vencidos junto ao CAE. 

O CAE tem a função de acompanhar e exercer o controle social sobre o recebimento e aplicação dos recursos transferidos pela União aos Estados, Distrito Federal e Municípios, por meio do Pnae. E a CNM chama a atenção para o fato de a regularização da situação desses Conselhos ser condição para a continuidade de recebimento dos recursos do Programa, pois a legislação prevê a suspensão dos repasses caso haja irregularidades. 
No entanto, antes de iniciar os procedimentos necessários a essa regularização, os Municípios nessa situação precisam identificar o recebimento da notificação emitida pela Coordenação do CAE, e caso não identifique esse recebimento deve entrar em contato por meio do portal eletrônico do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) ou do número de telefone disponível para contato. 
Notificações
Os Municípios que estão com mandatos a vencer nos conselhos, também serão notificados pela coordenação do Conselho. Esse período é importante para que a prefeitura comunique às entidades com representação no conselho – representativas de pais de alunos, trabalhadores da educação e discentes, Sociedade civil e Poder Executivo – e estas providenciem a indicação e eleição de seus membros representantes. 

Segundo informações do FNDE, quando há mandatos vencidos no conselho local, após regularizar a situação, é necessário cadastrar os novos conselheiros no CAE/WEB, e fazer o encaminhamento via sedex de toda documentação referente à renovação do conselho para Coordenação do CAE - A/C de Albaneide Peixinho no seguinte endereço: SBS Quadra 2 bloco F Edifício FNDE - 4º andar - Cep:70.070-929 – Brasília/DF. 

quinta-feira, 24 de abril de 2014

RÁPIDAS

No intuito de atender a solicitação de algumas escolas, foi  prorrogado o prazo para as inscrições para o Prêmio Curta Histórias – 2014 até o dia 29 de abril de 2014.
Para mais informações sobre o Prêmio Curta Histórias acessem o site

terça-feira, 22 de abril de 2014

Comissão aprova texto-base do Plano Nacional de Educação

educação 1 
A comissão especial que analisa o Plano Nacional de Educação (PNE – PL 8035/10 ) aprovou há pouco o texto-base da proposta. Os deputados também aprovaram a emenda que rejeitou a redação da Câmara para o artigo 2º do plano, que trata da superação das desigualdades educacionais. Pelo texto anteriormente aprovado pela Câmara, as escolas teriam de promover as igualdades racial, regional, de gênero e de orientação sexual. Pela redação do Senado, porém, os colégios precisam combater todo tipo de discriminação.

Segundo o deputado Izalci (PSDB-DF), autor da emenda aprovada, o texto do Senado está de acordo com a Constituição e é mais amplo. Por essa razão, disse ele, vai garantir a segurança de um maior número de pessoas. A votação do projeto terá continuidade amanhã, às 14h30. Um dos pontos a serem debatidos é o que destina 10% do Produto Interno Bruto exclusivamente para a educação pública.

Fonte: Robson Pires

Educação: Projeto na Modalidade EaD atende PcDs



Um projeto inovador no Brasil começa a mudar a vida de pessoas com deficiência em Campinas. Duas turmas com 8 alunos cada com idades entre 16 e 40 anos participarão da primeira etapa do curso de Ensino à Distância (EaD) "Capacitação em Gestão da Produção", na Casa da Criança Paralítica (CCP) de Campinas. Promovido pela empresa ThinkTech, que investiu mais de R$ 1 milhão no desenvolvimento da plataforma utilizada e na montagem da sala de aulas, o curso está dividido em quatro módulos: Nivelamento, com aulas de Língua Portuguesa e Matemática, Princípios da Administração, Matemática Financeira Essencial e Administração de Produção e Materiais. O objetivo do projeto é capacitar pessoas com deficiência física/motora e visual por EaD. A escolha por esses dois tipos de deficiência foi feita com base em dados do IBGE, que as aponta como as de maior ocorrência no país. O projeto foi desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação - ITIC, do Ceará, com a coordenação de Pesquisa & Desenvolvimento da empresa LCA Consulting, também cearense. Participam ainda pesquisadores da Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Instituto Federal do Ceará (IFCE).

A Casa da Criança Paralítica de Campinas foi escolhida para sediar o projeto em razão da experiência com pacientes e a disponibilidade de espaço. As aulas acontecerão em dois dias da semana, em um local com dez computadores. Os alunos serão divididos em quatro turmas de oito integrantes e uma profissional da área de pedagogia acompanhará os estudantes.

A ThinkTech, multinacional que monta os notebooks Acer, Asus e Sony no Techno Park, em Campinas, investiu no projeto com o objetivo de desenvolver o mercado de usuários. Cerca de 40 profissionais (pesquisadores, professores e especialistas em informática) participaram do desenvolvimento do curso, desde pesquisas de requisitos específicos até os testes de verificação do produto final. Por mais de um ano, esses profissionais vem se dedicando à pesquisas de EaD, desenvolvimento de tecnologias assistivas, processos de aprendizagem para pessoas com deficiência e buscando as melhores plataformas de ensino e de técnicas de produção do conteúdo didático digital, também acessível.

A partir dos resultados com os primeiros alunos, outras ferramentas poderão ser desenvolvidas. A intenção é diminuir o abismo que existe na capacitação das pessoas com deficiências, a fim de que elas aumentem sua empregabilidade no mercado. Hoje, mais da metade dos deficientes em idade ativa está fora do mercado, e a causa maior não é a falta de vagas, já que a Lei de Cotas (8.213/91) garante a elas acesso a vagas de trabalho. De acordo com a Lei, as empresas precisam ter em seus quadros de funcionários um percentual mínimo de pessoas com deficiência.

Porém, dados do censo escolar do INEP, realizado em 2012, indicam que o universo de alunos matriculados em escolas públicas no país equivale a quase 41 milhões, sendo que destes, pouco mais de 600 mil são considerados alunos "especiais", ou seja, não chega nem a 2%.

Para Leonardo Castro, diretor da LCA Consulting, envolvida no projeto, "a principal questão é encontrar uma forma de aproveitar melhor essas pessoas, através das capacitações, levando o conhecimento até o deficiente através da educação à distância e atingindo o maior número de pessoas possíveis. É um desafio empolgante", ressalta.

O diretor de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) da ThinkTech, Flávio Salles, comemora a iniciativa da empresa. "Para nós é muito gratificante investir na capacitação diferenciada para pessoas com deficiência e perceber que estamos fazendo diferença. Não é apenas mais um treinamento, e sim, a oportunidade para desenvolver talentos e ampliar a empregabilidade usando alta tecnologia para PCD", afirma.

Para o presidente da Casa da Criança Paralítica, Jamil Khater, o projeto é um avanço para os pacientes. "Eles terão a oportunidade de participar de um curso inédito e ingressar no mercado de trabalho já capacitados para trabalhar em Gestão de Produção", afirma.

Educadores têm até 30 de abril para conferir dados do Censo Escolar



As escolas públicas e privadas de educação básica têm até o
dia 30 deste mês para conferir a situação dos alunos
As escolas públicas e privadas de educação básica têm até o dia 30 deste mês para conferir a situação dos alunos

As escolas públicas e privadas de educação básica têm até o dia 30 deste mês para conferir a situação dos alunos como aprovação, reprovação e abandono  informada na segunda etapa do Censo Escolar 2013. Os dados com erros devem ser retificados. O prazo também é uma oportunidade para que as escolas que ainda não concluíram o preenchimento da situação do aluno possam encaminhar as informações.

A primeira etapa do Censo Escolar coleta dados sobre alunos, professores, turmas e escolas. A segunda fase verifica o que aconteceu com os alunos matriculados no fim do ano letivo. Os dados da segunda etapa fazem parte do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) – indicador referência para as metas do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE), do Ministério da Educação. O Ideb será calculado este ano.

Além disso, o governo federal utiliza o Censo Escolar para estabelecer políticas públicas para a educação básica, por ser um instrumento de coleta para um quadro completo sobre alunos, professores, turmas e escolas.

Para avaliar os dados informados e realizar alterações é preciso entrar diretamente no módulo Situação do Aluno do Sistema Educacenso, no portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Se a escola estiver com o ano escolar encerrado no módulo situação do aluno e precisar de correção, basta acessar o Educacenso e, ao visualizar a lista de turmas, clicar em retificar.

Fonte: Por Redação, com ABr - de Brasília

domingo, 20 de abril de 2014

FELIZ PÁSCOA


"Páscoa é dizer sim ao amor e a vida; é investir na fraternidade, é lutar por um mundo melhor, é vivenciar a solidariedade." —---------* Grazieli Salvador